sexta-feira, março 04, 2005

“Die Kunst der Fuge” wiederholte es...

Talvez tanta heterogeneidade explique porque que é que o PSD é o único partido verdadeiramente nacional.

Apesar dos apelos ao centro, o voto fiel à laranja é o do “Povo de Direita”, que precocemente percebeu que a “social - democracia à portuguesa” nunca passou de uma contingência imposta pelo processo revolucionário.

Afinal ainda é o partido de Júdice e Teixeira Pinto, entre muitos outros...